Não há nomes, não há passado, não há futuro!

from by Inerte

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

lyrics

Tenho medo, agora que todos os insetos infiltrados em meu intestino arranham esta superfície que me rende. Meus poros, rasgados feito crateras em Saturno, bebem o apuros deste silêncio aborrecido. (Aqui dentro faz frio!)
Rabisco cada instante e em cada instante rabisco o mundo inteiro... quando o mundo inteiro se perde dentro do seu nome.
Minha precisão, exausta, de quando em quando traça um novo enredo... que eu mesmo desconheço. Das possibilidades só restaram os improvisos.
Prendo a respiração e reviro meus segredos; Para cada alívio, centenas de novos medos.

credits

from Abismos Abertos (2013), released May 30, 2013

tags

license

all rights reserved

about

Inerte ES, Brazil

shows

contact / help

Contact Inerte

Streaming and
Download help